SINCOR-PR
Rua Dr. Reynaldo Machado, 1309 - Bairro - Prado Velho
CEP: 80215-010 - Fone (41) 3213-9999 - Fax (41) 3213-9998
Curitiba PR

NOTÍCIAS

Sincor-PR participa de novas ações educativas do Maio Amarelo

Postado em: Sex, 31 de Maio de 2019   17:07

Uma grande mobilização de conscientização sobre segurança no trânsito foi desencadeada pela Polícia Militar na última segunda-feira (27), Dia Estadual de Prevenção a Acidentes de Trânsito, por conta das atividades educativas da campanha Maio Amarelo.

As equipes policiais abordaram motoristas, pedestres e ciclistas com apoio de voluntários de entidades e órgãos ligados ao trânsito nas principais cidades do Paraná, dentre eles o Sincor-PR, que participou com o Diretor Luiz Antonio Abib.

Em Curitiba, o Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) fez dez blitze em pontos com grande circulação de pessoas com foco na prevenção ao uso de celular na direção.

Segundo o comandante do BPTRan, tenente-coronel Naasson Polak, a orientação é não utilizar o celular no trânsito, pois pode ser fatal tanto para que está cometendo a infração quanto para os demais usuários das vias. “Hoje estamos mostrando para o público essa ação, também no interior do Estado e postos de Polícia Rodoviária, para que, efetivamente, todo o cidadão possa se conscientizar do risco que ele corre ao usar o celular enquanto dirige”, disse.

O tenente-coronel Polak salientou ainda que o uso do celular na direção tem causado muitos acidentes e vítimas. De acordo com ele, existem pesquisas que apontam que ao usar o celular o motorista perde consideravelmente a visão periférica e o nível de atenção ao volante.

“Só neste ano, em Curitiba, foram 74 notificações por uso de celular, fone de ouvido e bluetooth, 289 de motoristas segurando o celular e 514 por manusearem o aparelho”, destacou. No primeiro quadrimestre de 2019, acrescenta, 20 pessoas morreram em decorrência de acidentes de trânsito e, dessas mortes, nove são de motociclistas”, alertou o tenente-coronel.

NA PRÁTICA - A campanha Maio Amarelo é uma iniciativa do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) e da Polícia Militar para levar mais informação aos usuários do trânsito urbano e rodoviário. Presente nas ruas do todo o Estado, a PM fez diversas ações educativas com atividades lúdicas que destacaram a importância de atitudes que evitem acidentes e mortes. Houve ainda visitas a escolas, palestras para universitários e instruções para motociclistas.

Nas rodovias estaduais o trabalho educativo foi feito pelo Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv). Por meio das seis companhias e 58 postos rodoviários, as equipes fizeram as abordagens e repassaram orientações, principalmente quanto à ultrapassagem proibida, o respeito à sinalização e aos limites de velocidade.

Neste ano o tema escolhido foi “Os perigos do uso do celular”, não só para os motoristas, mas também para os pedestres. “Abordamos não apenas as multas que o uso do aparelho acarreta, mas também conscientizamos a população sobre os perigos do celular ao volante”, disse a porta-voz do BPTran, tenente Etiene do Carmo.

Em Curitiba, os policiais militares do BPTran, junto ao Detran/PR e entidades que atuam na educação do trânsito, abordaram motoristas em 10 pontos da cidade. Foram entregues fôlderes e materiais de orientação sobre o uso de cinto de segurança, os perigos da embriaguez ao volante, o uso de celular e excesso de velocidade.

O motorista Adilson Vaz Guimarães passou pela blitz a aprovou a atividade educativa. “É um alerta para as pessoas, pois quando pegam o telefone acabam se esquecendo de prestar atenção no trânsito e quando acontece o acidente já é tarde demais”, disse.

O motorista de aplicativo Julio Cesar Portas acredita que ações educativas podem fazer com que os condutores reflitam sobre a conduta no trânsito. “As pessoas têm que se conscientizar e não utilizar o celular no trânsito, e quando for necessário estacionar o carro com segurança para depois fazer o uso”, disse.



Diretor Luiz Antonio Abib mostra que usar celular é um perigo ao dirigir ou caminhar.

Diretor Luiz Antonio Abib participou de mais uma ação educativa do Maio Amarelo.

Picasa Facebook Twitter Youtube