SINCOR-PR
Rua Dr. Reynaldo Machado, 1309 - Bairro - Prado Velho
CEP: 80215-010 - Fone (41) 3213-9999 - Fax (41) 3213-9998
Curitiba PR

NOTÍCIAS

SINCOR-PR participa de campanha educativa do Maio Amarelo

Postado em: Qua, 27 de Maio de 2015   21:17

Os motoristas de Curitiba e do interior do estado receberam nesta quarta-feira (27), em 140 pontos de bloqueio por todo o Paraná, folders sobre segurança no trânsito. Um deles era com informações sobre o Seguro DPVAT, fornecido pelo SINCOR-PR.

Em Curitiba foram 10 pontos de bloqueio. As blitze educativas tiveram a finalidade de conscientizar pedestres, motoristas e passageiros de todo o Paraná sobre segurança no trânsito.

A iniciativa, que envolveu diversos órgãos, foi para marcar o Dia Estadual de Prevenção de Acidentes de Trânsito, que pertence às atividades do "Maio Amarelo".

O SINCOR-PR esteve representado, em uma das blitze na capital, pelos diretores Luiz Antonio Abib e Paulo Henrique Moreira Baena. Nas outras cidades em que o Sindicato tem delegacias as representações se deram pelos diretores, delegados, subdelegados e adjuntos.

Na avaliação de Luiz Antônio Abib, que faz a coordenação adjunta do Seguro DPVAT no SINCOR-PR, a principal ferramenta para reduzir os índices de acidentes de trânsito é a educação. Para ele a educação não se faz só penalizando. "Precisamos de mais educação no trânsito e que todos percebam a importância de não usar celular, seja motorista ao dirigir ou o pedestre ao atravessar uma rua".

O Comandante do BPTran, tenente-coronel Valterlei Mattos de Souza, explica que atitudes erradas podem ocasionar acidentes de trânsito e até mortes. "Um acidente só ocorre porque o usuário da via, condutor, pedestre ou até mesmo o ciclista ou motociclista, comete uma infração de trânsito".

O profissional de logística, Fábio Santos Inácio, aprovou a abordagem realizada na Avenida Victor Ferreira do Amaral. "Acho bacana, porque na verdade a população precisa entender que a segurança vem em primeiro lugar. A campanha vai ajudar muito a ter mais educação no trânsito", afirma.

Opinião compartilhada pelo motorista de van escolar, Reginaldo Silva Carneiro. "As pessoas precisam tomar consciência que não tem outra solução, se a gente não se conscientizar as coisas não mudam".

DADOS – Desde janeiro até 22 de maio deste ano, o BPTran atendeu em Curitiba 2.363 acidentes de trânsito, dos quais 1.695 tiveram vítimas (2.003 pessoas feridas) e 668 apenas danos materiais (sem vítimas). Os acidentes de trânsito causaram a morte de 18 pessoas. Já em 2014, no mesmo período, houve 2.882 acidentes (763 sem vítimas), com 2.541 pessoas feridas e 22 mortes no local.

Neste ano, 236 pedestres acabaram atropelados e em 2014 foram 285. Desde janeiro até abril deste ano, as vias com maior número de atropelamentos em Curitiba são a Avenida Marechal Floriano Peixoto, com 10 registros, a Avenida Sete de Setembro, com nove e a Avenida República Argentina, que teve oito casos. A Avenida Marechal Floriano Peixoto foi a via com mais atropelamentos em 2014, com 27 acidentes dessa natureza.



Picasa Facebook Twitter Youtube